Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Direitos dos Povos Indígenas

Coordenadora de Frente Parlamentar Indígena participa de debates sobre povos indígenas na COP26

quinta-feira, 4 de novembro de 2021 / Categorias: Internacional, Povos indígenas, Povos indígenas do Estado de Roraima, Terras indígenas

A deputada indígena Joenia Wapichana (Rede-RR), coordenadora da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Direitos dos Povos Indígenas (FPMDDPI), participa da Conferência Global sobre Mudanças Climáticas (COP26) que acontece até o dia 12 de novembro em Glasgow, na Escócia.

A deputada compõe a delegação de 11 parlamentares da Câmara que acompanha as programações que ocorrem no espaço oficial da COP 26, nos pavilhões destinados às diversas atividades. A deputada ainda se encontrou com lideranças indígenas do Brasil, como Maurício Yekuana, da Hutukara Associação Yanomami (HAY), Sineia Bezerra do Vale e Jessica Maria, do Conselho Indígena de Roraima (CIR), Simone Karipuna, da Articulação dos Povos e Organizações Indígenas do Amapá e Norte do Pará (APOIANP), Puyr Tembé, da Federação dos Povos Indígenas do Pará (FPIPA), e Valerya Paye, da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (COIAB), que compõe a delegação de mais de 40 indígenas do Brasil.

Também marcam presença na COP26, o deputado Rodrigo Agostinho (PSB-SP), deputado Carlos Veras (PT-PE), deputado Nilto Tatto do (PT-SP) deputada Fernanda Melchionna (PSOL-RS), deputada Vivi Reis (PSOL-PA). 

No segundo dia da Cúpula dos Líderes Mundiais um acordo foi firmado para salvar e restaurar as florestas do planeta até 2030. Presidentes do Brasil e da Rússia enviaram mensagens de vídeo para firmar o compromisso. Discussões sobre os povos indígenas estão sendo feitas no evento e Joenia está acompanhando de perto os debates e soluções propostas para o enfrentamento da crise climática.

Confira o depoimento da deputada:

Povos indígenas são um dos temas da COP26

Atônio Guterres, secretário-geral da ONU, afirmou que o compromisso assinado no segundo dia de evento seja realmente implementado nos países que se comprometeram em prol das pessoas e do planeta.

Na declaração assinada, há o compromisso de conservação florestal e ecossistemas terrestres, que devem acelerar a recuperação ambiental e facilitar o comércio sustentável. Além disso, a declaração reconhece o poder das comunidades locais, principalmente os povos indígenas, que são foco de ataques constantes da exploração e degradação das florestas. 

 

Leia também: ‘O que afeta a humanidade nas mudanças climáticas atinge muito mais os povos da floresta e os recursos naturais que lá existem’, diz deputada Joenia Wapichana, na COP 26

Tags: