Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Direitos dos Povos Indígenas

PF deflagra operação contra suspeitos de atacar Povo Munduruku

quinta-feira, 17 de junho de 2021 / Categorias: Invasões em terras indígenas, Nota

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (16) a Operação Mundurukânia 2 para aprofundar investigações sobre ataques a agentes de segurança pública e lideranças indígenas. A Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Direitos dos Povos Indígenas (FPMDDPI) reforça a necessidade de garantir segurança ao povo Munduruku, no Pará, alvo de constantes ataques de garimpeiros ilegais. 

Nesta terça-feira (15), a Justiça Federal em Itaituba ordenou o retorno imediato do efetivo de segurança pública para a região de Jacareacanga. A ordem judicial determina “o retorno imediato do efetivo de segurança pública, seja da Polícia Federal, das Forças Armadas ou da Força Nacional de Segurança Pública, devendo a União mantê-lo armado, com quantitativo e subsídios materiais suficientes, para restabelecer a ordem pública na região e garantir a segurança do povo Munduruku e dos demais habitantes do município, sob pena de multa diária de R$ 50 mil”.

É a segunda determinação da Justiça exarada a pedido do Ministério Público Federal (MPF), determinando o restabelecimento da ordem na região. A primeira decisão, do dia 29 de maio, foi desobedecida pelo governo federal. 

A FPMDDPI repudia toda e qualquer tentativa de intimidação aos povos indígenas contrários ao garimpo ilegal em suas terras e exige das autoridades o cumprimento das decisões judiciais e a proteção ao povo Munduruku. 

Na semana passada, a FPMDDPI reforçou o pedido de segurança às lideranças do povo Munduruku, em Jacareacanga. Foram enviados ofícios ao presidente do Conselho da Amazônia, o vice-presidente da República Hamilton Mourão, e ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres. Além disso, a Frente Parlamentar também enviou um ofício ao governador do Pará, Helder Barbalho. 

O avanço do garimpo ilegal nas terras indígenas tem aumentado a escalada de violência contra os povos indígenas. O ataque mais recente ocorreu na semana passada, quando um ônibus que transportaria lideranças para Brasília sofreu ataque por garimpeiros que impediram a viagem. 

A operação da PF desta quarta-feira (16) cumpre cinco mandados de busca e apreensão, além de seis mandados de prisão preventiva, expedidos pela Justiça Federal de Itaituba/PA. Participam da ação 45 policiais federais e 30 integrantes da Força Nacional de Segurança Pública, além de militares da Força Aérea Brasileira.

Tags: ,