Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Direitos dos Povos Indígenas

Semana do Meio Ambiente 2021 é inaugurada com painéis temáticos sobre Amazônia, povos indígenas e meio ambiente

terça-feira, 1 de junho de 2021 / Categorias: Nota, Povos indígenas

Nesta terça-feira, 1° de junho, foi inaugurada a Semana do Meio Ambiente 2021 com a apresentação de painéis temáticos sobre a Amazônia, povos indígenas e o meio ambiente. Estiveram presentes parlamentares, representantes de organizações indigenistas e indígenas. “Essa Semana do Meio Ambiente faz com que a gente dê um impulsionamento a essas denúncias que as nossas lideranças estão fazendo não somente na Amazônia, mas em todo país, porque o que protege a Amazônia, o que beneficia os povos, também beneficia quem está em outras regiões, em outros países”, disse a deputada federal Joenia Wapichana (Rede-RR) na abertura do evento virtual.    

O deputado federal José Ricardo (PT-AM) ressaltou as dificuldades que os povos amazônicos estão enfrentando para ter acesso à saúde, além dos inúmeros ataques e invasões às terras que acontecem à luz dos olhos do governo federal que nada faz para impedir que isso aconteça. 

“Quando a gente olha dentro do estado do Amazonas, em cada região com povos diferentes, com situações de enfrentamento, violências, invasões de terras, descaso, falta de amparo, principalmente agora, nós temos um quadro extremamente difícil neste atual momento político do nosso país. Um governo que, de forma deliberada, é contra as políticas indígenas, aliás, de forma muito aberta, diz que é contra a demarcação de terra e não faz nenhum esforço para ampliar o atendimento”, apontou o deputado.         

De acordo com dados da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), até esta terça-feira já foram registrados 54.817 casos confirmados de covid-19 e 1.093 indígenas mortos pela doença.     

Ataque ao ICMbio

O representante do Instituto Socioambiental (ISA), Márcio Santilli, denunciou os ataques feitos por garimpeiros a comunidades indígenas, sendo o mais recente registrado na noite de ontem na sede do ICMBio na Estação Ecológica da Ilha de Maracá, em Roraima. “Oito garimpeiros encapuzados atacaram os funcionários, roubaram todos os pertences e os equipamentos da base e os ameaçaram de morte. Até o momento, a notícia que temos é que eles fugiram para o mato”, narrou Santilli.

“Isso é mais um episódio de violência grave que acontece nessa região de Roraima, assim como tem acontecido ameaças similares no território Munduruku”, disse. O integrante do ISA ressaltou que mesmo com tantas ameaças, mortes e ataques nada tem sido feito pelo poder Executivo e pelas Forças Armadas para impedir essas ações criminosas.   

“Portanto a gente entra nessa Semana do Meio Ambiente em clima de guerra em que grupos organizados ligados ao crime organizado e que hoje fazem parte das empresas que praticam a mineração inlegal na Amazônia, de um modo geral, é um momento de guerra onde as pessoas estão sendo caçadas em suas casas, as casas estão sendo queimadas, violentadas”, apontou Santilli. 

A coordenadora da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Direitos dos Povos Indígenas (FPMDDPI), deputada Joenia Wapichana, também comentou sobre os crimes que estão sendo cometidos contra indígenas ao povo Yanomami e a outras comunidades indígenas que, segundo a parlamentar, têm aumentado mais ainda nesse últimos dois anos, período em que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) está no governo. 

“Ao invés de combater os crimes, fazer uma estruturação dos órgãos que são responsáveis por combater essas ilegalidades como o Ibama, ICMBio e a Funai, a gente tem visto o oposto disso que é o sucateamento, a falta de recursos previstos no orçamento da União, a flexibilização de regras que eram justamente para conter esses crimes”, exemplificou a deputada que alertou as ameaças do legislativo em aprovar Projetos de Lei sobre a demarcação de terras, por exemplo. 

Joenia Wapichana alertou que é preciso que toda a sociedade reflita o que está acontecendo e todos os danos para pressionar o governo a fazer políticas públicas de proteção e fiscalização mais eficazes. “Esse contexto todo que temos visto, coloca em vulnerabilidade a vida dos povos indígenas, a vida dos povos que dependem do meio ambiente e vivem na Amazônia”, declarou. 

Semana do Meio Ambiente 2021

O evento “Amazônia resistência pela vida”, promovido pelo Fórum Nacional Permanente em Defesa da Amazônia e em parceria com a FPMDDPI, acontecerá até 5 de junho, próximo sábado, nas redes sociais do Fórum e da FPMDDPI. 

Confira o cronograma: 

2 de junho, às 10h: 

  • Painel 5: Amazônia, juventude e meio ambiente;
  • Painel 6: Amazônia, mulheres e meio ambiente;
  • Painel 7: Amazônia, LGBTQI e meio ambiente.

3 de junho, às 10h: 

  • Painel 3: Amazônia, agricultura familiar e meio ambiente;
  • Painel 4: Amazônia, educação, pesquisa, ciência e meio ambiente. 

4 de junho, às 10h:

 

  • Manifestação cultural: “Reação Amazônica: Sociedade e meio ambiente”. 

 

4 de junho, às 14h:

  • Visitas virtuais a pontos históricos em todos os estados da Amazônia.

5 de junho, às 15h:

  • Ato político em defesa da Amazônia e seus povos

 

Assista: 

https://www.youtube.com/watch?v=OgK7ucIqZvY